Melhores casas de apostas para e-sports

Se em algum momento da vida você já ouviu ou disse a frase “sai desse joguinho, isso aí não dá futuro”, é bom deixar uma coisa muito clara: essa afirmação está completamente errada. Os “joguinhos” não apenas dão futuro como são o futuro. Ou melhor: são o presente. Hoje, a indústria de games já movimenta muito mais dinheiro que a do cinema e da música somadas. É, de longe, o mercado mais rentável do entretenimento mundial. E é claro que essa realidade tem reflexos nas casas de apostas, como veremos a seguir.

Como funcionam as casas de apostas para e-sports

Um erro comum é pensar que trabalhar com games significa passar o dia jogando. É claro que há, sim, atletas profissionais nos e-sports. Mas, assim como nas modalidades olímpicas, também tem diversas outras profissões relacionadas. Treinadores, analistas e jornalistas especializados são algumas delas. Inclusive, algumas carreiras proporcionadas pelos e-sports sequer existem nos esportes tradicionais, como a de streamer, por exemplo. Já são muitas as organizações focadas exclusivamente nos e-sports – várias delas atuando em mais de um país. Empresas de ramos diversos (telefonia, informática, etc.) também têm equipes próprias. E até mesmo clubes de futebol, como Flamengo, Corinthians, Santos e outros, criaram times de esportes eletrônicos. 

É claro que as bookmakers não ficaram pra trás. Hoje em dia, quase todas têm partidas de esportes eletrônicos disponíveis para apostar. E mais: já existem casas de apostas específicas para e-sports. Como a Rivalry, por exemplo. Lá, você encontra uma enorme variedade de games, e, como eles mesmos dizem, “também tem esportes, aqueles com bolas e outras coisas”. Sabia que ela oferece até mesmo mercados que não são possíveis no offline? Como a Streamer Betting, uma modalidade de aposta ao vivo enquanto os streamers transmitem seus jogos. Pois é. Oportunidade para o bom apostador é o que não falta.

Quais são os e-sports?

Vish… só na Rivalry, tem mais de 20. Abaixo, seguem alguns dos principais. Se você já é um gamer, por favor não me mate: vou explicar de uma forma que também fique clara para os não-gamers, beleza?

FIFA

Pelo nome, já deu pra matar a charada, né? Obviamente, é um game de futebol. Com diversos campeonatos – inclusive mundiais -, é um dos e-sports mais populares do mundo.

Street Fighter

Ah, esse você conhece, não é mesmo? É o famoso jogo de luta que virou mania na década de 90. Mas é claro que, no profissional, o bicho pega de verdade. Seus campeonatos mundiais são disputadíssimos e proporcionam momentos épicos, como o  incrível Evo Moment 37, protagonizado pelo lendário jogador japonês Daigo Umehara.

CS:GO

Um dos primeiros FPS (first person shooter) a ganhar notoriedade, o Counter Strike: Global Offense coloca duas equipes de 5 pessoas frente a frente com objetivos opostos. O modo mais famoso de jogo consiste na equipe dos Terroristas tentando plantar uma bomba enquanto os Contra-Terroristas fazem de tudo para evitar. No processo, balas e granadas voam pra todo lado.

Free Fire

Este game também é sobre times tentando derrotar os adversários na bala. A diferença pro CS é o formato “Battle Royale”, vulgo “o último de pé vence”. Nesse estilo de jogo, não são apenas 2 squads se enfrentando simultaneamente, e sim 12. Outro diferencial do FF é ser um Mobile Game, ou seja, jogado através do celular. Mas não deixe essa suposta simplicidade enganar você: este e-sport também tem seu próprio campeonato mundial e lida com verbas milionárias.

League of Legends

Atualmente, é o maior e-sport do mundo. Seu gênero se chama MOBA, ou seja, Multiplayer Online Battle Arena. Este estilo de jogo mistura elementos de ação, estratégia e RPG. No LOL, duas equipes compostas por 5 jogadores tentam destruir a base do adversário, que fica no lado oposto do mapa. Mas essa missão vai envolver batalhas, magias, torres de defesa, mais de 100 heróis controláveis, minions, dragões, equipamentos, armadilhas e mais uma infinidade de elementos. São essas inúmeras variáveis que tornam o game extremamente interessante. 

Hearthstone

Este e-sport é do gênero TCG, que significa Trading Card Game. Talvez você já tenha ouvido falar em games do estilo jogados com cartas físicas, como Pokémon TCG, Yu-Gi-Oh! e, o pioneiro e maior de todos, Magic: The Gathering. É uma modalidade na qual, ao contrário dos esportes eletrônicos anteriores, bons reflexos e habilidade com as mãos não são fundamentais. Aqui, o que mais vale é a estratégia e a inteligência.

Onde apostar

Pra lucrar com e-sports, você não precisa se aventurar por terras desconhecidas. A maior parte dos bookmakers tradicionais também contemplam este mercado. A PariMatch é um bom exemplo. Outras opções interessantes são as seguintes:

E aí, preparado para lucrar muito com os e-sports? Então boas apostas!


Compartilhe:

Deixe uma resposta