Aposta esportiva: melhores campeonatos para apostar

O mundo da aposta esportiva é muito rico, cheio de variáveis e possibilidades. Por um lado, isso é ótimo: o apostador conta com diversas oportunidades de entretenimento e de lucro. Mas, pelo outro, pode ser um pouco confuso – e até intimidador – para quem está iniciando no ramo. Naturalmente, isso gera muitas dúvidas, e uma das mais comuns é a respeito dos melhores campeonatos para apostar. Pra não deixar você com a falsa expectativa de que esse artigo vai ensinar uma fórmula mágica para o sucesso, já adianto que isso não existe. A resposta é subjetiva e depende do conhecimento e preferências de cada pessoa. O que vamos fazer, nos próximos parágrafos, é ensinar você a identificar o seu estilo e as ligas ideais para potencializar as suas qualidades. Vamos nessa?

Punter

Punter é o apostador que joga contra a casa de apostas. Ele faz uma análise prévia do evento esportivo, investe certa quantidade de dinheiro e, no final do confronto, ganha ou perde de acordo com o desfecho. Em outras palavras, ele procede exatamente como as pessoas que não estão familiarizadas com gambling imaginariam. Isso não significa que o punter seja amador ou despreparado, apenas que optou pela forma de jogo mais famosa e popular entre os apostadores. Para descobrir os melhores campeonatos para apostar, o punter deve considerar as questões abaixo.

Ligas pequenas

Uma máxima da aposta esportiva é não investir em ligas desconhecidas, e isso segue sendo verdade. Mas apostar em uma liga pequena que você conhece bem pode se transformar numa verdadeira mina de ouro. O motivo é muito simples. Como existe menos informação disponível a respeito das liga pequenas do que das grandes, as bookmakers são obrigadas a definir as odds ignorando diversos fatores. Por exemplo: desfalques/preservações, motivação dos times para a partida, cansaço por acúmulo de jogos e assim por diante. Por isso, é normal encontrar odds extremamente favoráveis, que não correspondem às reais probabilidades da partida. E daí pra fazer muito dinheiro é um abraço. 

A desvantagem, aqui, é a fragilidade desse tipo de odd. É só algum dinheiro entrar no mercado que as cotações mudam rapidamente. Por isso, a disputa entre os apostadores para aproveitar odds desajustadas é gigante. São excelentes oportunidades, porém um tanto difíceis de encontrar.

São consideradas ligas pequenas os campeonatos de base, os femininos (infelizmente), alguns estaduais e outras competições do gênero.

Ligas grandes

Este caso é praticamente o oposto do anterior. Como há muita informação disponível sobre os grandes campeonatos, as casas de apostas vão definir odds mais justas e condizentes com a realidade. Por isso, é bem mais raro encontrar oportunidades de lucro fácil dando sopa em competições famosas. O lado positivo é a maior segurança: com cotações embasadas e confiáveis, dá pra ter uma ideia mais precisa sobre os reais favoritos e azarões em uma disputa.

São consideradas ligas grandes os campeonatos continentais e mundiais, além das principais divisões de competições nacionais em países com tradição no esporte que você vai apostar.

Eventos especiais

Em grandes eventos como Copa do Mundo, Superbowl e afins, as cotações costumam refletir a realidade com precisão – afinal, há muita informação disponível. Então o que eles têm de diferente das grandes ligas? É simples: os apostadores casuais. Em Copas do Mundo, por exemplo, sempre rola aquele bolão entre os amigos, família ou colegas de trabalho, não é mesmo? Então pode ser uma boa oportunidade pra você se divertir junto a pessoas que não são do nosso meio. Ou até conferir as odds nas casas de aposta pra fazer seus palpites embasado em informações praticamente exclusivas 😉

Atleta preferido ou time do coração

Em partidas que envolvem seu ídolo no esporte ou seu time do coração, o melhor é não apostar. O mesmo vale para atletas que você não gosta e para jogos do seu rival. Primeiro, porque seu palpite pode acabar sendo influenciado pelo seu lado torcedor, sendo que uma aposta deve ser feita com a razão, e não com a emoção. E segundo porque, mesmo que você seja racional o bastante para apostar contra o seu clube, vai acabar se colocando em uma situação ruim. Afinal, a decisão entre torcer contra o seu time ou contra a sua aposta vai ser sempre desagradável. Então já sabe, né? Clube/atleta do coração = cilada!

Trading

O Trading Esportivo é muito parecido com a Bolsa de Valores. Mas, em vez de operar com a alta e baixa de ações, o trader trabalha com a variação nas cotações de eventos esportivos. Nesse formato, é necessário ter disponibilidade para acompanhar os eventos em tempo real, pois você realiza diversas operações durante a partida. É uma modalidade um pouco mais avançada de apostas, mas assim como o punting, tem suas vantagens e desvantagens. E também tem campeonatos mais ou menos apropriados para cada tipo de apostador.

Ligas grandes e pequenas

Lembra do que você leu sobre as vantagens e desvantagens de cada tamanho de liga para os punters? Com os traders, a situação é inversa: para ter lucro, o ideal é apostar nos grandes campeonatos. Os principais motivos são o acesso às informações e transmissões, já que você compra e vende odds em tempo real, e a liquidez. Como as grandes ligas são as que movimentam mais dinheiro, é nelas que você pode obter os maiores lucros. 

Onde apostar

As alternativas para Punters são inúmeras: a imensa maioria das casas de aposta é voltada a esse público. Já, para os Trades, as opções são mais limitadas. A principal delas é a Betfair, maior bolsa de trading esportivo do mundo. Confira, também, algumas opções para punting:

E aí, preparado para ganhar muito com aposta esportiva? Boa sorte!


Compartilhe:

Deixe uma resposta