Top 3 gestão de banca para não perder dinheiro

Todo mundo já viu e ouviu falar de um tema que praticamente sempre é motivo de dor de cabeça para milhares de apostadores brasileiros: a gestão de banca. Fundamental para gerir capital dentro das apostas esportivas (e na nossa vida), ela é fundamental antes de qualquer coisa, certo? Pensando nisso resolvemos preparar esse conteúdo para você. Vamos juntos?

Gestão de banca: o que você precisa saber?

A tão mencionada gestão de banca nas apostas esportivas é crucial e mesmo assim a grande maioria dos apostadores não a fazem como deveria. Vale lembrar que ela é de extrema importância para que o apostador sobreviva no início do mercado. E para ter uma boa gestão, 3 coisas são fundamentais, segundo o tipster Edu Punter do ApostasFC.

Gestão agressiva

Normalmente a gestão agressiva é composta por apostadores que possuem um perfil mais conservador. Isto é, aquele tipo de apostador mais “tranquilo” que fazem poucas apostas.

Segundo Edu Punter, amigos do tipster realizam uma média de 50 palpites por mês, não tendo um volume muito grande de apostas.

Esse tipo de método acaba se encaixando perfeitamente com o perfil dos mesmos. Ou seja, não surtam ou ficam desesperados quando acontecem reds nas bets.

Exemplo:

  • R$1.000 – dividido por 50 = R$20 a unidade

Gestão moderada

A segunda é a preferida do Edu: a gestão moderada. Segundo o profissional, ela é ideal para o perfil que ele tem nas apostas esportivas.

Neste tipo de método, o capital é dividido em 100 unidades. Isto é, se tiver R$1.000 disponíveis para apostar, basta dividir por 100, o que daria R$10 por palpite, certo?

Para se ter uma ideia, o profissional do ApostasFC realiza por mês de 100 a 180 bets. Segundo ele, “é uma gestão boa” para o seu perfil de apostador, afinal atende bem para o que ele precisa.

Gestão conservadora

Por último, a gestão conservadora, exclusiva para perfil de apostadores que fazem muitas apostas por mês.

Isto é, mais de 500! Esse perfil, que divide a banca do apostador, atende bastante ao volume. Exemplificando, é só dividir por 200, tendo como exemplo os mesmos R$1.000.

Basicamente, fica R$5 a unidade cada aposta que o usuário de alguma casa de apostas for fazer, certo? Esse tipo de aposta é favorável para quem possui capital mais alto.

Fique por dentro do vídeo completo abaixo!

A Bet365 é confiável?

Sem sombra de dúvidas, afinal estamos falando de uma gigante, certo? Quem é apostador ou acompanha mais de perto o universo das casas de apostas tem percebido que a Bet365 ampliou seus projetos de expansão global.

E isso tanto no que diz respeito a uma exposição cada vez maior nas mídias, quanto em uma atuação mais específica em localidades onde a casa de apostas devia um tratamento mais personalizado com sua clientela local.

Quais os benefícios da casa de apostas?

A Bet365 tem sempre uma promoção especial esperando os seus milhões de usuários, sejam eles novos clientes ou até mesmo os que já possuem registros e querem fazer apostas em eventos específicos.

Logo de início o apostador já tem recebe um bônus de boas-vindas de 100% até o limite de R$200, que para ser disponibilizado deverá ser apostado uma vez em odds iguais ou maiores do que 1.20 no prazo de 30 dias.

O valor mínimo é de R$30 e o máximo R$200

Isto é, novos clientes que se registrarem na gigante britânica e realizarem o primeiro depósito de R$30 ou mais na sua respectiva conta ganharão Créditos de Aposta.

E esse crédito vem no mesmo valor da primeira transferência com o limite de R$200 quando fizer apostas qualificativas no valor de oito vezes o respectivo depósito qualificativo e estas apostas forem resolvidas.


Compartilhe:

Deixe um comentário