Surf: Como apostar online em 2022

Quem aí se surpreendeu com a súbita e inédita aparição do Surf nas últimas olímpiadas? Bom, nós do Apostas FC não. O surfe, como o eletrizante esporte que é, veio para ficar. O mais novo esporte olímpico vem ganhando muita força na mídia e consequentemente no mercado de apostas.

surf-investimento-esportivo-betfair-com-bonus
Surfe, nas Olimpíadas de Tóquio.

Passando a ser prioridade para potenciais países-sede, o surfe já é expectativa de muita emoção nas praias francesas em 2024. Promessa também de novas medalhas olímpicas para o Brasil, que a cada temporada aumenta sua tradição no esporte. E as ondas já estão prestes a quebrar novamente na Liga Mundial de Surfe (World Surf League). Então pegue sua prancha e venha dropar essa nova onda do investimento esportivo junto com a gente:

 

– Um novo esporte nacional

– Prognósticos para 2022

– Como apostar online em Surf?

 

Um novo esporte nacional

 

A Brazilian Storm, como foi carinhosamente apelidada pela comunidade do surfe, elevou esse esporte a outro patamar. Além de inspirar muitas gerações de surfistas no país. Aéreos acrobáticos sem perder a elegância e força usuais do surfe clássico (power surfing). É assim que os brasileiros atualmente dominam o cenário do Circuito Mundial (Championship Tour). A WSL já divulgou o calendário das etapas de 2022! Vale lembrar que as datas dos eventos estão sempre sujeitas a mudanças, uma vez que dependem das condições do mar.

aposte-online-em-surf-na-betfair
As datas previstas para os eventos do tour feminino e masculino de 2022.

Nomes como o de Gabriel Medina, ítalo Ferreira e Filipe Toledo são os mais citados junto ao surfe moderno, conhecido como estilo progressivo. O tradicional power surfing, marcado pela utilização das diferentes partes da onda com manobras clássicas, virou refém dessa nova vanguarda de surfistas. Mesmo havendo revezamento entre juízes de diferentes escolas, o que sobressai hoje são manobras ousadas aliadas a potência e técnica. É para essa direção que o surfe atual está apontando. Hoje em dia se um surfista do CT não mostrar personalidade em seu repertório, é quase impossível agradar a um juiz. E isso os brasileiros têm de sobra!

As notas, então, variam de 0 a 10:

 

  • 0.0 a 1.9 – Ruim
  • 2.0 a 4.9 – Regular
  • 5.0 a 6.4 – Boa
  • 6.5 a 7.9 – Muito Boa
  • 8.0 a 10.0 – Excelente

 

As mais altas provém de manobras que além de variadas e inovadoras devem ter também velocidade e fluência entre elas. Manobras aéreas, e algumas vezes até autorais, têm sido a grande aposta dos atletas para pontuar alto nas ondas.

surf-na-betfair-bonus-200-reais
O backflip air de Gabriel Medina, sua manobra autoral.

Então, nesse ano que está chegando, fique de olho nos brasileiros, que prometem brilhar nas etapas que ainda estão por vir! Com o retorno da parceria entre a Globo e a WSL, as etapas agora terão transmissão ao vivo no SporTv. Além da habitual live streaming, no canal oficial da entidade no YouTube, que são opções gratuitas para os fãs. Serão transmitidas também as categorias de acesso, Challenger Series (CS), os eventos Big Wave (BW) e Longboard Tour (LT).

 

Prognósticos para 2022

 

Em 2022, teremos pela segunda vez a etapa de Pipeline (Pipe Masters) abrindo a temporada. Mas a etapa havaiana do CT dessa vez contará com a modalidade feminina, um feito inédito. O “pico” conhecido como o berço do surfe agora traz mais igualdade para o esporte. Surfistas homens e mulheres passam a dividir a lendária onda de Pipeline. Dessa vez em uma etapa feminina válida para o CT, com premiações iguais. Com a grande e positiva repercussão do esporte nas Olimpíadas, é de se esperar mais medidas inclusivas no esporte. Maior investimento, mais patrocinadores e políticas administrativas visando condições mais iguais às atletas da categoria. O evento no Havaí também dá continuidade à tradicional Tríplice Coroa Havaiana cujo campeão será conhecido já em Fevereiro.

O Pipe Masters está previsto para começar no dia 29/01. Palco de muitos títulos mundiais, como o primeiro de Medina, a praia agora também levará essa mística à competição feminina. Além de, é claro, proporcionar mais essa opção para nós, apostadores esportivos e fãs do surfe. Pode avisar pra todo mundo que o radar do Apostas FC está ligado no Surf também! Então preparamos alguns prognósticos e análises para a temporada que está prestes a começar! Confira:

 

Surfistas para ficar de olho em 2022:

 

Masculino:

 

  • Gabriel Medina – Pioneiro no esporte, o primeiro brasileiro campeão mundial e da Tríplice Coroa Havaiana hoje acumula 3 títulos mundiais. Com apresentações beirando a perfeição, é considerado por muitos o maior goofy (pé esquerdo de apoio na prancha) da história. O mais vitorioso de todos os tempos ele já é. Além de ocupar a 7ª posição dos surfistas que mais venceram etapas da WSL. O tetracampeonato é uma realidade bastante possível para o paulista, que pretende continuar quebrando recordes em 2022.

 

  • Ítalo Ferreira – Campeão mundial e o primeiro campeão olímpico do esporte, Ítalo é indiscutivelmente um dos grandes postulantes ao título em 2022. Promessa de muitas notas 10, o potiguar vive uma sequência de 2 anos muito vitoriosos. Com estilo e potência semelhantes às de seu compatriota, Medina, adora voar alto nas ondas arrancando notões dos juízes!

 

  • John John Florence – O bicampeão mundial agora está completamente recuperado da lesão no joelho que o afastou dos mares em 2021. Promete ser outro grande concorrente. Neste mês, em Haleiwa, Havaí, já faturou o primeiro evento da Tríplice Coroa. É o mais jovem ganhador da história dessa competição. Se Florence pontuar o suficiente nas próximas duas etapas do CT, se sagrará tetracampeão!

 

  • Filipe Toledo – O atual vice-campeão mundial é mais um representante da avassaladora e acrobática Brazilian Storm. Ainda na busca pelo inédito título mundial, Filipinho, como é conhecido, mostrou grande regularidade na última temporada. Se classificou para a grande final (Final 5) em Trestles, Califórnia. Porém deixou o evento com aquele gostinho de “quero mais”, ao ser derrotado na final por Medina. 2022 promete um Filipe Toledo ainda mais motivado!

 

  • Morgan Cibilic – O australiano foi a grande surpresa de 2021. Também entre os 5 finalistas de Trestles, foi protagonista de baterias alucinantes na temporada. Eleito Rookie of The Year (estreante do ano), o jovem surfista chega como duro oponente para o CT de 2022. Ganhou fama por desbancar nomes como John J. Florence e Julian Wilson. Morgan bateu na trave em algumas oportunidades esse ano, mas mostrou grande maturidade e personalidade dentro do mar. Tanto que é cogitado para conquistar seu primeiro evento neste próximo circuito.

 

Feminino:

 

  • Carissa Moore – Pentacampeã mundial e campeã olímpica. Após seu mais recente triunfo em 2021, a havaiana começa a temporada novamente como a adversária a ser batida. Em excelente forma, seu surfe com certeza renderá vitórias em etapas durante 2022, a colocando como grande favorita a mais um título.
apostar-online-circuito-mundial-surf
Com 12 anos de experiência no tour, Moore tem um vasto repertório para municiá-la nos 10 “picos” do circuito.

 

  • Tatiana Weston-Webb – A brasileira bateu na trave em sua última e melhor temporada no CT de 2021. Com o vice-campeonato, a gaúcha criada no Havaí deixou os brasileiros esperançosos para um possível primeiro título mundial feminino. Tati volta para a próxima temporada como um dos seus grandes nomes!

 

  • Johanne Defay – Surfista que é a atual #4 do ranking. A francesa teve um 2021 muito regular, conquistando o Surf Ranch Pro. Já experiente no CT, Defay definitivamente não poderia ficar de fora dessa lista.

 

  • Caroline Marks – Surfista mais jovem da história (homem ou mulher) a participar do CT, com apenas 16 anos. Após seu quarto tour aos 19, Marks, já não é mais promessa no surfe. Apesar da pouca idade, já acumula 2 vice-campeonatos mundiais. A semifinalista olímpica e atual #6 do ranking, Marks, continua entre as favoritas ao título em 2022. A talentosa americana ficou de fora do Final-5 de 2021, portanto chega com ainda mais ambição para a próxima temporada.

 

  • Stephanie Gilmore – Como Kelly Slater está para o surfe masculino, Gilmore está para o feminino. Agora… me digam se em alguma temporada o Slater, antes de suas recorrentes lesões, não foi cotado ao título. Não é diferente com a australiana. A heptacampeã mundial ainda se apresenta em ótima forma física. E mostra não se cansar de quebrar recordes e inspirar gerações com seu surfe de estética e muita força.

 

Rookies que prometem para 2022:

 

  • Ezekiel Lau (M) – O havaiano de Honolulu foi o melhor classificado para o CT 2022. Apenas ficou atrás de Kanoa Igarashi, o astro do surfe japonês que já frequentava o tour.

 

  • Samuel Pupo (M) – Classificado para o CT 2022 com 21 anos, se junta ao seu irmão, Miguel (atual #20 do ranking). Agora, então, reforça ainda mais o esquadrão do surfe brasileiro, podendo competir com os grandes nomes do surfe atual.

 

  • João “Chumbinho” Chianca (M) – Irmão do famoso big rider, Lucas Chumbo, aos 20 anos conseguiu o tão sonhado acesso à elite do surfe mundial.

 

 

  • Brisa Hennessy (F) – A costarriquenha de 22 anos fez quartas de final em Tóquio e se qualificou para a elite do surfe feminino em 2022.

 

  • Gabriela Bryan (F) – Aos 19 anos, se classifica para o tour em 1º lugar. A surfista de Kaua’i (Havaí) teve uma ascensão meteórica no Challenger Series de 2021.

 

  • Caitlin Simmers (F) – A californiana é a atual campeã do US Open de 2021. Com apenas 16 anos, é outra grande promessa do surfe mundial

 

  • Sakura Johnson (F) – Nativa da ilha havaiana de Oahu, com apenas 16 anos já mostra grande personalidade. Vencedora do Haleiwa Challenger deste dezembro, derrotando ninguém menos que Carissa Moore na final. Pode já fazer história em 2022 e se juntar a Moore como a mais jovem ganhadora da Tríplice Coroa.

Os surfistas Jeremy Flores, Julian Wilson e o campeão mundial Adriano de Souza já anunciaram suas aposentadorias este ano. Triste notícia para os amantes do surfe, mas o consolo é a permanência do maior ídolo do esporte: Kelly Slater.

casa-de-apostas-trading-surf
Kelly Slater competindo em seu próprio complexo com ondas artificias, o Surf Ranch.

Mesmo sofrendo com algumas lesões em 2021, o 11 vezes campeão mundial está confirmado em mais um circuito (seu 33º). Especialista na onda de Pipeline, não há como deixá-lo de fora dos favoritos para este Pipe Masters. Kelly já venceu o evento 7 vezes, e na edição passada ficou com o 3º lugar. No entanto, especula-se que o surfista de 49 anos talvez não participe das próximas etapas. Slater já admitiu que ainda não se vacinou contra a Covid-19. O que pode ter sido o motivo da sua aparente desistência no Haleiwa Challenger deste dezembro. Uma vez que a WSL está seguindo todos os protocolos contra o vírus, aceitando somente participantes vacinados nas suas etapas.

 

Como apostar online em Surf?

 

O Apostas FC responde essa pergunta! A primeira e talvez mais importante dica é escolher com sabedoria a sua casa de apostas. Pois é necessário ter acima de tudo confiança no site antes de investir nele. Por isso, indicamos a Betfair! Uma plataforma online reconhecida internacionalmente pela sua relevância no mercado e pelo sportsbook que oferece aos seus usuários! É importante pontuar que a Betfair é, na verdade, uma bolsa de apostas. Isto é, uma casa que oferece tanto a opção clássica de apostas punting, quanto a modalidade trading. A Betfair, então, se destaca por ser uma ótima opção para ambos os tipos de apostadores. E também por ter diversas vantagens como:

 

  • Cashout
  • Sportsbook variado com diversos tipos de apostas
  • Aplicativo mobile muito bom, disponível para IOS e Android
  • Suporte/atendimento de qualidade
  • Betfair TV

 

A plataforma de streaming da casa (Betfair TV) é uma das melhores do mercado. Conta diariamente com transmissões de diversos eventos do esporte mundial! Foi a primeira casa a introduzir o Cashout, e hoje é considerada a maior bolsa de apostas do mundo! Mas como funciona uma bolsa de apostas? O renomado portal Escola da Aposta responde essa pergunta:

 

“Uma bolsa esportiva funciona de maneira semelhante a uma bolsa de valores, onde os jogadores não negociam as tradicionais ações, mas sim as odds. Isso significa que você pode realizar a compra ou venda das odds a qualquer momento garantindo o seu lucro antes mesmo do início de uma partida. Assim como na bolsa de valores as odds sobem e descem de preços constantemente, e é nessa variação de preços que você irá conseguir seu lucro apostando contra outros apostadores e não contra a empresa, como seria em um tradicional site de apostas esportivas”.

 

Isso nada mais é do que uma plataforma de trading esportivo. Uma bolsa que te permite apostar online contra outros apostadores. E a Betfair é a maior referência deste mercado no mundo! Porém, por ser uma bolsa esportiva, essa casa depende da liquidez oferecida pelo mercado. Ou seja, a disponibilidade das odds dependem dos outros apostadores, podendo gerar certa demora para algumas apostas abrirem. Portanto esse é o único ponto negativo que temos a destacar sobre a Betfair.

 

A Betfair tem uma cobertura completa dos eventos da WSL! E aqui vai outra dica valiosa do Apostas FC para vocês: Atenção ao escolher suas apostas! Tente não apostar em atletas ou até eventos sobre os quais vocês não têm algum nível maior de conhecimento. Mire naqueles surfistas que você está acompanhando mais de perto e em etapas cujos contextos você domina mais. Então se você quiser começar a apostar na WSL, clique agora no botão abaixo e realize seu cadastro!

Depois é só aproveitar o seu bônus de até R$200,00 e aguardar o Pipe Masters 2022 começar! Mas fiquem ligados que em breve vocês já poderão botar em prática as nossas análises. Logo as apostas no vencedor da temporada 2022 do circuito mundial irão estar disponíveis na Betfair! Então não esqueçam de se manterem atualizados sobre o mundo do Surf aqui no blog, e boas apostas!

betfair-casa-de-apostas-online
Cadastre-se e ganhe bônus de até R$200,00!

Compartilhe:

Data2022-01-26 10:53:04

[…] famoso pico de Banzai Beach, Oahu (Havaí), está a 5 dias de reunir os melhores surfistas do mundo. Pipeline será o cenário de mais um evento de início de temporada da World Surf League! […]

Deixe um comentário