Punting vs Trading no futebol

Muito se discute quanto à diferença entre ser punter ou trader, sobre qual perfil de apostador é melhor, sobre qual é mais lucrativo, qual minimiza os riscos, dentre outras questões. Nesse artigo vou tentar abordar esses e outros aspectos no que se refere ao mercado de futebol, no qual sou especialista.

656e7c7a27c87c07ef0050970a660c6e

Primeiramente, não existe uma verdade absoluta. Não, ser trader não é melhor que ser punter. E a recíproca também não é verdadeira. Fato é que a viabilidade de cada metodologia depende do perfil de cada apostador.

Ser punter é mais direto e prático. Analisa-se os jogos, o que demanda um bom tempo assistindo a jogos e buscando históricos de confrontos, estatísticas, notícias, escalações, etc. Feita a análise, busca-se a aposta de valor a longo prazo, a popular aposta +EV, aquela que no longo prazo inevitavelmente vai te trazer lucro. E é isso, tão simples quanto pode ser.

trading-de-apostas

Um fato que não é difundido entre a massa de apostadores, e que pode soar estranho, é que no punting não se aposta pra ganhar. Quando um bom punter faz uma aposta, ele não faz questão que ela entre, na verdade isso pouco deve importar. Uma aposta dentro de um jogo é um evento aleatório, sujeito a diversas condições previsíveis e imprevisíveis. De que adianta analisar um jogo a fundo se, naquele dia, o time entra em campo e tem um jogador expulso aos 5 minutos do primeiro tempo? Ou se os jogadores parecem ter comido uma feijoada no almoço e nada dá certo? Ou se o time está ganhando até os 40 do segundo tempo, e aí o adversário faz um gol em um chutaço despretensioso de fora da área? Isso não é azar, é variância, e um apostador sempre está sujeito a ela. Ela vai te trazer “surpresas” tanto boas quanto ruins. No longo prazo, entretanto, tudo se equilibra e a variância tende a zero. Por isso, um bom punter sabe que, por mais que naquele dia a aposta não tenha entrado, se a análise foi boa, o lucro inevitavelmente vai vir no longo prazo seguindo aquela mesma linha de pensamento, mantendo a gestão de bank, e o psicológico.

No trading, tem-se duas formas macro de operar. Primeiramente, pode-se operar com conhecimento a fundo do esporte, do jogo e dos times. Essa seria uma variação do punting, aplicada ao trading. Analisa-se o jogo da mesma forma. Feito isso, se traça uma estratégia live. Estabelece-se uma aposta pré-live ou uma odds de entrada na live em determinado mercado, e de antemão se define o que fazer em todas as situações possíveis.

Exemplo prático: Corinthians vs São Paulo. Odds do Corinthians, na Betfair, estão em torno de @2.2 Depois de estudar o jogo, cheguei à conclusão de que, uma odd de valor para entrar no mercado de ML, seria de @2.5, no mínimo. Então espero o decorrer da live e a odds subir com o tempo, o que deve demorar não mais que 10 minutos. Naturalmente, algo pode acontecer nesse meio tempo, e isso deve ser previsto pela minha estratégia. Digamos que, se o São Paulo fizer gol, entrarei no lay São Paulo com duas unidades. Se o Corinthians fizer gol, me absterei de apostar no jogo. Se tudo transcorrer normalmente, a odds do Corinthians chegará aos @2.5 pretendidos e entrarei no mercado com uma unidade. Feito isso, também já se deve ter uma estratégia para qualquer coisa que aconteça depois. Se o Corinthians abrir o placar ainda no primeiro tempo, vou esperar a postura dos times pós-gol e, se sentir firmeza, vou segurar até o intervalo, caso contrário faço o cash out. Se o São Paulo fizer gol, saio do mercado com prejuízo e entro no lay ao São Paulo com uma unidade.

Esse é só um exemplo. Cada jogo e cada análise pedem uma postura diferente em cada situação e também uma exposição diferente. Isso depende da sensibilidade e da capacidade do trader.

football-betting-plan-516x340

Também se pode fazer trade sem ter conhecimento algum do esporte ou dos times em campo. Eu penso que ao menos se deve ter uma noção básica dos times e acompanhar a live, mas há quem o faça às cegas. Nesse tipo de operação, vai se trabalhar simplesmente com a variação das odds em função do tempo. Exposições bastante rápidas, explorando as zonas de variação rápida das odds (como de @1.8 a @2.2 e de @2.2 a @1.8, quando elas variam mais rapidamente). Os lucros são relativamente baixos, pouco mais de 10% da stake, mas são consistentes, sem muito risco, já que não se fica muito tempo exposto no mercado. É importante que, depois de estudar o mercado, se estipule um lucro e feche a aposta imediatamente após o cash out bater aquele valor. Ganância nesse tipo de operação costuma ter resultados péssimos. Aqui, é bom que se trabalhe em mercados de gols, que tem menos resistência com o tempo.

Eu gosto bastante de operar no back 0x0 de início, em jogos que analiso que terão um começo de jogo estudado e mais truncado, sempre em jogos em que eu possa confiar nas defesas, e isso tem me dado muitos lucros. Obviamente o risco é maior, pois um gol coloca tudo por água abaixo e me faz perder a stake, mas com o tempo se pega o jeito e se escolhe melhor os jogos de forma a reduzir isso ao máximo. Os mais cautelosos podem entrar em um under 2.5 ou 3.5. O que importa para um trader, no final de tudo, é a variação conseguida, por isso não importa se a odd de entrada é @3 ou @1.3, pois ele vai tentar se expor o menor tempo possível e embolsar seu lucro assim que atingir o estipulado.

Eu, majoritariamente, sou punter, por não ter tempo disponível para operar na live e assistir todos os jogos em que quero apostar. Prefiro fazer a análise pré-live e seguir com prognósticos e apostas de valor de forma a lucrar no longo prazo. O punting, inegavelmente, apresenta uma melhor relação entre lucros e tempo gasto para obtê-los. Mas também complemento meus lucros com trades quando posso. Existem jogos que acredito que pedem uma abordagem de trading, e neles gosto de traçar minhas estratégias e segui-las.

Ambos perfis de apostador são lucrativos e tem suas vantagens e desvantagens, tais como apontei no artigo. Importante é ter consciência das suas qualidades e defeitos, e colocar isso na balança. Feito isso, cabe a cada um, dentro do seu perfil, saber onde se dá melhor.


Autorvaz
data24/02/2015


Compartilhe:

Data2015-03-18 21:37:33

Muito bom o post. Esclareceu como devo seguir no mundo das apostas. Obrigado!

Deixe uma resposta