Especial NFL Conference Finals – Parte 4

San Francisco 49ers(12-4) x Seattle Seahawks(13-3)

 49ers seahawks

Seattle Seahawks

A Campanha

As Casas de aposta que apontavam os Seahawks como os favoritos para vencer o o Super Bowl, não estavam erradas. Seattle é a melhor equipe da liga neste momento, não só a defesa continua muito forte como o ataque mostrou qualidades que nem eles pensavam possuir. Wilson em sua segunda temporada na liga terminou com um rating acima de 100 e por boa parte do ano só perdia no quesito para Payton Manning.

O Seattle só foi derrotado em três jogos, contra os Colts, Niners e Cardinals, sendo que 6 das suas 13 vitórias foram por mais de 20 pontos, e em 6 partidas o Seahawks sofreram menos de 10 pontos. Com um recorde de 13-3 os Seahawks garantiram a seed 1 e o direito de jogarem em casa, no infernal CenturyLink Field nas duas partidas que o separavam do SuperBowl.

 

O Ataque

Estatísticas

 

Pontos por jogo: 26.1 (10°)

Jardas por jogo: 339.0 (17°)

Sacks permitidos: 44 (23°)

QB Rating: 102.4 (5°)

Jardas Aéreas: 202.3 (26°)

Média de jardas por passe: 8.4 (2°)

Jardas terrestres: 136.8 (4°)

Média de jardas por carregada: 4.3 (12°)

Ataque Aéreo

A corrida ainda é o grande foco do ataque os Seahawks. Wilson é o QB titular que menos tentou passes durante a temporada, porém quando o fez, o quarteback foi fantástico. Constantemente pressionado Wilson ainda conseguiu lançar 25 touchdowns e apenas 9 interceptações, sua média de 8.2 por passe é a segunda maior de toda a liga.

 

Destaque

25 - Russel Wilson

Russel Wilson: Wilson se parece com Drew Brees não apenas na altura mas também na maneira como trabalha o ataque. Sete jogadores terminaram com mais de 10 recepções na temporada, marca alta para uma equipe que lança a bola tão poucas vezes.

 

Surpresa

26 - Luke Wilson

Luke Wilson: O tigh end novato chegou para complementar a posição que já contava com o ótimo Zach Miller, e foi bem. Foram 20 recepções nas 28 vezes em que foi alvo sendo 4 delas para mais de 20 jardas.

 

Ataque Terrestre

Marshawn Lynch é um mostro, não é surpresa que uma equipe que conte com ele no roster seja tão forte correndo com a bola. Mas não só ele é responsável pelo sucesso dos Seahawks no setor, nada menos do que 12 jogadores tiveram ao menos 1 carregada nesta temporada.

 

Destaque

27 - Marshawn Lynch

Marshawn Lynch: Lynch não fica fora de um jogo de temporada regular desde 2011 quando foi poupado na semana 17. O durável running back já acumula mais de 7.000 jardas na carreira e 58 touchdowns.

 

Surpresa 

28 - Christine Mchael

Christine Michael: Michael foi mais eficiente do que Turbin na hora de revezar com Lynch. O running back teve média de 4.4 jardas por carregada, mas por conta de uma lesão vai perder toda a pós-temporada.

 

Linha Ofensiva

A linha é uma preocupação para os Seahawks, foram 44 sacks permitidos durante a temporada regular, número muito alto e preocupante considerando que Wilson com sua velocidade escapou de tantas outras tentativas de derruba-lo. O jogo corrido também é mais mérito de Lynch que freqüentemente ganha duas ou três jardas após o contato do que propriamente do trabalho da linha ofensiva, Robert Turbin que pelo seu estilo de jogo depende mais do trabalho da linha do que Lynch, tem média de apenas 3.4 por carregada.

 

A Defesa

Estatísticas

 

Pontos permitidos: 14.4 (1°)

Jardas por jogo: 273.6 (1°)

Sacks: 44 (9°)

QB Rating: 66.4 (1°)

Jardas Aéreas: 172.0 (1°)

Média de jardas por passe: 5.8 (1°)

Jardas terrestres: 101.6 (8°)

Média de jardas por carregada: 3.9 (7°)

 

Contra o Passe

A melhor defesa da NFL!

Os Seahawks lideram a liga em 5 dos 8 quesitos principais de defesa, é quase impossível passar a bola contra os Seahawks. São apenas 5.8 jardas cedidas por passe e um rating miserável de 66.4 para os quarterbacks adversários.

 

Contra a Corrida

Dificilmente consegue-se estabelecer o jogo de passe contra Seattle. A alternativa seria correr com a bola, mas não aqui, já que os Seahawks permitem menos de 4.0 jardas por carregada e são a 8° equipe que menos cede jardas terrestres por partida.

 

Destaque

29 - Earl Thomas

Earl Thomas: O melhor free safety da NFL, Thomas é o segundo jogador com mais tackles no elenco e conseguiu 5 interceptações.

 

Surpresa

30 - Bob Wagner

Bob Wagner: O secundanista lidera a equipe em tackles e passou de 2 sacks no ano passado para 5 nesta temporada.

 

O Special Team

O Kicker

31 - Steven Haushcka

Steven Haushcka é um dos melhores kickers da liga, foram 33/35 tentativas e um perfeito 3/3 nos field goals para mais de 50 jardas.

 

O Punter

32 - Jon Ryan

Jon Ryan vive a melhor temporada da carreira, 37.8% dos seus punts terminam na linha de menos de 20 jardas do campo adversário, enquanto apenas 6.8 acabam em touchbacks.

 

Os Retornos

Em algum lugar os Seahawks precisavam não ser tão bons, e é nos retornos que a equipe não encanta. Piercy Harvin perdeu quase toda a temporada e só pode retornar uma bola até aqui. O seu retorno para 58 jardas foi o maior dos Seahawks na temporada, e sem ele Jermaine Kearse não encanta, já que são apenas 21.8 jardas em média por retorno. Golden Tate se sai um pouco melhor retornando punts com média 11.5 porém sem TD’s nesta temporada. De positivo para o setor está o fato de que os Seahawks é a equipe que menos permite jardas em punt, são apenas 3.9 de média para os adversários, fruto do brilhante trabalho de Jon Ryan.

 

Os turnovers

Se já não bastasse todas as qualidades dos Seahawks, eles ainda são a equipe com melhor saldo de turnovers na NFL (+20). Foram 28 interceptações para a defesa e apenas 9 sofridas pelo ataque.

 

betnfl

O Jogo para o Apostador 

Niners x Seahawks

 

Linha Projetada: Seahawks -7

Linha: Seahawks -3,5

Total Projetado: 40,5

Total: 39,5

 

Os Dois Confrontos

Por fazerem parte da mesma divisão, Seahawks e Niners se enfrentam duas vezes por temporada, este ano uma vitória em casa para cada lado, no barulhento CenturyLink Field, os Seahawks amassaram os Niners por 29×3. San Francisco não foi capaz de produzir pelo alto e Colin Kaepernick teve um rating de 20.1 lançando 3 interceptações.

No fresco Candlestick Park, os Niners venceram um jogo apertado por 19×17 com um field goal de Phill Dowson nos instantes finais. A defesa limitou os Seahawks para apenas 178 jardas aéreas mas o ataque continuou improdutivo com Kaepernick terminando com um rating de 67.5, e novamente lançando interceptações, mas desta vez apenas uma.

 

A linha

A linha abriu favorecendo o time da casa por 3,5. Nos dois confrontos durante a temporada regular os Seahawks foram favoritos, em casa na semana 2 por -3, e underdogs por +2,5 fora de casa na semana 14.

A linha atual é condizente com a aberta em San Francisco na semana 14, fazendo a conversão de mandos os oddmakers não alteraram a percepção, eles continuam me dizendo com esta linha que os Seahawks são uma equipe apenas 0,5 pontos melhores do que os Niners.

 

O Total

Ambos os jogos entre os dois terminaram abaixo do total. No primeiro jogo o total foi aberto em 44 e permaneceu estável. Na segunda partida já havia sido ajustado para 42 e teve queda para 41,5 durante a semana que antecedeu o confronto. Agora novo ajuste para 39,5.

 

 

Este foi o “resumo” das equipes e das linhas nos dois jogos dessas finais de conferencia, espero que tenham gostado e que de alguma forma isso possa ajudar você apostador a tomar a melhor decisão. A minha já está tomada, eu vou com os Patriots, Seahawks e o over nos dois jogos!


Autorzambrano
data17/01/2014


Compartilhe:

Deixe uma resposta