Especial NFL Conference Finals – Parte 1

E a temporada da NFL se aproxima de seu final, após quatro meses e 264 jogos, apenas quatro equipes ainda mantem o sonho de ir para o gelado Super Bowl XLVIII que será disputado no MetLife Stadium em New Jersey.

playoffs-week-17

Nenhuma surpresa nestas finais, Broncos, Patriots, Niners e Seahawks eram apontados como as quatro melhores equipes da NFL antes da temporada e corresponderam as expectativas. Agora é hora de ver o que exatamente fez dessas equipes as melhores e onde cada uma pode explorar as fraquezas de seu adversário para chegar à tão sonhada final.

Neste especial, vou abordar todas as vertentes de um jogo de football, pontos fracos e fortes de cada setor, destaques e surpresas, desempenhos e até mesmo as linhas, que convenhamos é o que mais interessa para nós apostadores.
Espero que curtam…

 

New England Patriots (12-4) x Denver Broncos (13-3)

 pats  broncos

New England Patriots
A Campanha

A grande história da off season era como os Patriots se sairiam sem dois dos seus principais alvos da temporada passada. Os dois Tigh Ends que eram os alvos favoritos de Tom Brady, Rob Grankowski (Lesionado) e Aaron Hernandez (Preso) não mais estariam disponíveis, havia alguma preocupação também em como o time reagiria após a prisão de Hernandez que foi acusado de ser o autor de dois assassinatos.

Os Patriots iniciaram a sua campanha vencendo um jogo muito apertado contra os Bills, 23×21, Amendola e Vereen tomaram a frente do ataque, o primeiro com 100 jardas aéreas e o segundo com 100 jardas terrestres, mas ambos ficariam de fora por boa parte da temporada, o ataque que já vinha desfalcado, agora parecia dizimado, Belichick precisaria quebrar a cabeça para achar substitutos.

Os Patriots contornaram bem as adversidades e se a equipe não mais encantava os fãs, seguia sendo eficiente, New England venceu 7 dos 10 jogos seguintes e com uma campanha de 8-3 liderava a AFC East. Grankowsk que havia voltado na derrota para o New York Jets se lesionou novamente, na partida contra o Cleveland Browns, Gronk liderava a equipe 36 jardas aéreas até que deixou o jogo no início do 2° 4th, os Patriots não se abateram e contando com um forte jogo terrestre e uma eficiente defesa venceram 4 dos últimos 5 jogos, com uma campanha de 12-4 New England terminou com a seed 2 e teve direito a uma bye week na primeira semana dos playoffs.

No divisional round, vitória contundente sobre o Indianapolis Colts, 43×22, LeGarrett Blount fez o jogo da vida com 166 jardas terrestres e 4 touchdowns.

O Ataque
Estatísticas

Pontos por jogo: 27.8 (3° maior marca da NFL)
Jardas por jogo: 384 jardas (7°)
Sacks permitidos: 40 (20°)
QB Rating: 87.3 (15°)
Jardas Aéreas: 255.4 (10°)
Média de jardas por passe: 6.9 (17°)
Jardas terrestres: 129.1 (9°)
Média de jardas por carregada: 4.4 (9°)

Ataque Aéreo

A equipe continuou a vencer mesmo sem Gronkowski, Hernandez, Amendola e Vereen, mas não da para dizer que o passe foi a maior arma dos Patriots. Tom Brady não tinha uma temporada com rating abaixo de 90 desde 2003, o quarterback completou apenas 60% dos passes e lançou para 25 TD’s.

Danny Amendola chegou para ocupar o posto de primeiro recebedor mas o talentoso wide receiver sofreu com contusões durante toda a temporada, mesmo machucado e tendo perdido boa parte do jogos o receiver ainda terminou em 2° em numero de recepções na equipe de New England, o que mostra a fragilidade deste ataque.

Sem os dois Tigh Ends, com Welker indo para o inimigo Denver Broncos e com Amendola sendo Amendola quem brilhou foi Julian Edelman, o outrora pouco ultilizado wide receiver foi o alvo favorito de Tom Brady, Edelman agarrou 105 bolas das 151 que foram lançadas em direção a ele, das quais 9 foram para mais de 20 jardas.

Destaque

01 - Julian Edelman Julian Edelman: É neste ponto que parte dos leitores vai abandonar este artigo, os números de Brady este ano não são fantásticos e não é possível afirmar com clareza quem faria mais falta, Brady fez o nome de Edelman ou Edelman só precisava de uma chance? Quem faria mais falta para esse ataque? Na dúvida eu vou contra a maioria e digo que Julian Edelman seria uma perda mais impactante.

Surpresa

02 - Kembrell ThompkinsKembrell Thompkins: O rookie que veio de Cincinnati passou longe de ser fantástico, mas merece destaque pelas suas recepções em passes longos, foram 8 recepções para mais de 20 jardas e 4 TD’s, sua média de 14.6 por recepção é maior entre os wide receivers dos Patriots que tiveram no mínimo 10 recepções.
Ataque Terrestre

Aqui sim reside a grande força do ataque dos Patriots, a unidade que conta com Shaun Vereen, LeGarrett Blount, Stevan Ridley e Brandon Bolden é a principal responsável pelo sucesso deste ataque. Os Patriots que na era Brady nunca foram uma potência correndo com a bola agora possuem no jogo terrestre sua principal arma.

Com quatro running backs pouco badalados Bill Belichick conseguiu formar uma unidade sólida e distribuir a bola quase que igualmente entre eles, apenas Bolden não iniciou nenhuma partida como titular, a menor média de jardas por carregada pertence a Stevan Ridley porém ele é o running back dos Patriots que mais correu e que também mais acumulou jardas.

Destaque

03 - LeGarrette BlountLeGarrett Blount: Qualquer um dos quatro running backs poderia figurar como destaque mas Blount cresceu de produção no momento certo e virou o titular da posição, pouco badalado e para muitos desconhecido, o running back faz a melhor temporada da carreira, Blount tem média de 5.0 jardas por carregada e esteve imparável na primeira partida dos playoffs quando anotou nada menos do que 4 Touchdowns.

Surpresa
04 - Shaun VereenShaun Vereen: Ele seria o titular se não tivesse se machucado no início da temporada, Vereem figura como surpresa porque não apenas é muito eficiente correndo com a bola (4.7 por carregada) como também tem sido uma ameaça no jogo aéreo, foram 47 recepções para o running back nesta temporada e 3 TD’s pelo alto.

Linha Ofensiva

Enquanto a mídia e os torcedores não dão tanta atenção para os homens que fazem o trabalho sujo, é dever do apostador estar ciente sobre o desempenho e impacto deste setor em cada time, muitos jogos são decididos no duelo entre OL x DL, neste quesito eu não vou apontar destaques e surpresas individuais, a linha deve ser tratada como uma única unidade, é o desempenho conjunto e sincronizado que faz da OL um bom setor.

Não apenas a falta de bons alvos tem atormentado a vida de Tom Brady está temporada, apesar de só terem permitido 40 sacks durante a temporada (12° melhor marca da liga) Brady tem se encontrado em constante perigo e não foi ao chão mais vezes porque é muito inteligente na hora de detectar a pressão e se livrar da bola rapidamente.

Porém a de se destacar o ótimo trabalho do setor abrindo espaços para o jogo corrido, quando quatro running backs tem performances bem acima da média a linha tem uma grande parcela de contribuição.
A Defesa

Estatísticas

Pontos permitidos: 21.1 (10°)
Jardas por jogo: 373.1 (26°)
Sacks: 48 (5°)
QB Rating: 81.0 (9°)
Jardas Aéreas: 239 (18°)
Média de jardas por passe: 7.0 (13°)
Jardas terrestres: 134.1 (30°)
Média de jardas por carregada: 4.5 (6°)

Contra o Passe

Os patriots foram muito eficientes contendo o jogo aéreo nesta temporada, a média 239 jardas permitidas pode dar uma idéia errada ao apostador, com o ataque ineficiente a defesa tem passado mais tempo em campo do que o normal, isso se traduz na alta média de jardas cedidas porém o setor tem sido acima da média parando o passe, os Patriots seguem a cartilha de uma boa defesa pressionando muito os quarterbacks adversários, o que reflete no baixo rating e média de jardas por passe.
Contra a Corrida

Se o jogo corrido é a grande arma do ataque é justamente contra a corrida que a defesa não tem se encontrado, New England amarga o fundo da classificação em jardas permitidas e jardas por carregadas, a lesão de Jarod Mayo agravou os problemas do setor, no geral os adversários não tem encontrado nenhuma resistência correndo com a bola.

Destaque da Defesa

05 - Rob NinkovichRob Ninkovich: O veterano é o coração da DL, Ninkovich é o segundo jogador dos Patriots que mais tackles aplicou durante a temporada regular, Rob ainda terminou com 8 sacks e forçou e recuperou 2 fumbles.

 

06 - Kyle ArringtonKyle Arrington: O cornerback fez de tudo este ano na defesa, Arrington terminou com 48 tackles, 2 sacks, 12 passes desviados, uma interceptação e 2 fumbles forçados.

O Special Team

O Kicker

07 - Stephen GostkowskiStephen Gostkowski começou o ano indo 10/10 nos Field Goals sendo 2 para mais de 50 jardas, mas o kicker caiu de rendimento no decorrer da temporada e terminou 22/27 81.5% de aproveitamento, apenas a 25° melhor marca da liga, Gostkkowski perdeu três field goals entre 30 e 39 jardas, neste ponto não da para dizer que o kicker é confiável.

O Punter

08 - Ryan AllenSim o Punter, quem diria, nas minhas estatísticas consta que Tom Brady teve um punt na temporada para 32yds, eu realmente não sei se isso é verídico, em todo caso não é de Brady que vamos falar e sim de Ryan Allen, a exemplo de Gostkowski, Allen tem sido outro problema do time de especialistas, o punter colocou o adversário por 29 vezes para menos de 20 jardas de seu próprio campo porém foram 12 touchbacks, com 29% dos seus punts resultando em touchback Allen não é nenhuma estrela da posição.

Os Retornos

New England tem sido eficiente neste quesito, com médias de 24.0 por retorno de kickoff, 20.8 permitidos os Patriots estão entre as equipes que mais produzem e que menos permitem jardas em retornos, nos punts não é diferente a unidade tem médias de 10.8 retornando enquanto cede apenas 7.6, destaque novamente para LeGarrett Blount que tem 17 retornos sendo o mais longo para 83 jardas.

Os Turnovers

Nada machuca mais uma equipe do que caminhar muitas jardas e em seguida perder a bola, muitas vezes os turnovers são a chave do jogo, então vamos ver como os Patriots se saem neste quesito:

Os Patriots tiveram o terceiro melhor saldo de turnovers da AFC, foram 29 bolas recuperadas e apenas 20 entregues deixando o saldo deles em +9, destaque para Logan Ryan que teve 5 interceptações e um fumble recuperado.

 

Na parte 2 você vai conferir a análise do Denver Broncos! Aguarde!


Autorzambrano
data14/01/2014


Compartilhe:

VINICIUS ANJOSVINICIUS ANJOS

Data2014-01-15 10:29:37

Isso é trabalho !!! Parabéns Gustavo

Victor VazVictor Vaz

Data2014-01-14 16:25:44

Show de bola, meu brother. Baita artigo!

Deixe uma resposta