UFC 178

  • UFC 178 – Sábado – 27/09 – MGM Grand Garden Arena, Las Vegas, Nevada – EUA

  • Peso-mosca: Demetrious Johnson (c) (EUA) x Chris Cariaso (EUA)

johnsonxcariaso

Chris Cariaso não tem nada a perder. Agraciado após uma sequência de três vitórias com uma chance pelo cinturão, não tão expressivas, sendo a última uma decisão dividida, o experiente americano tem nessa característica sua única chance de tentar surpreender Mighty Mouse essa noite. Demetrious Johnson, que vem enfileirando os principais desafiantes em sua categoria, vem elevando seu prestígio entre os melhores no pound for pound e tem a chance de conquistar sua 21ª vitória frente à Cariaso.

Seu favoritismo é absoluto, um dos maiores da história do evento. Justo, pois a chance do super dinâmico, intenso e completo lutador sair derrotado de seu octógono é praticamente nula. Apesar do punch diminuto nos moscas, a luta, pela imensa discrepância técnica, pode terminar antes dos cinco rounds. DJ pode surpreender uma área aonde é superior, o jiu-jitsu, e arrancar uma finalização sobre Cariaso, que sofreu no jogo de chão duas de suas mais recentes derrotas.

Demetrious Johnson por Submissão @3.50

  • Peso-leve: Donald Cerrone (EUA) x Eddie Alvarez (EUA)

cerronexalvarez

Ofuscando a luta principal, os leves dispostos neste encontro são dois lutadores dos mais empolgantes do mundo. Com seu estilo próprio, Cowboy Cerrone, que tem se acostumado com os prêmios de Luta da Noite está muito próximo de uma disputa de cinturão contra Anthony Pettis, após quatro vitórias completamente convincentes. Provas de que o talentoso kickboxer está em um altíssimo nível. Assim como Eddie Alvarez. Mesmo no Bellator, fez dois confrontos épicos contra Michael Chandler, e tem a grande chance de desfazer qualquer desconfiança em suas habilidades por não terem ainda sido testadas no maior palco do MMA.

Não é pecado crer que Alvarez seja um lutador mais completo. Principalmente no jogo de chão, a vantagem é sua. Em pé, precisa permanecer sempre alerta, mas pode surpreender Cerrone. Com históricos de finalizações e nocautes nos primeiros dez minutos de combate, o confronto, praticamente independente das estratégias, pois Cerrone nunca tem uma bem definida, o confronto deve ser definido antes de seu tempo regulamentar. Dificilmente podendo-se medir vantagens para a vitória, o combate é melhor de ser aproveitado pela retina do que profetizado, o que parece muito difícil.

Menos de 2.5 Rounds @1.80

  • Peso-pena: Conor McGregor (IRL) x Dustin Poirier (EUA)

mcgregorxpoirier

Buscando notoriedade, McGregor fala bastante. Provoca, mas até então tem provado seu valor dentro do octógono. Lutador empolgante, tem estilo pouco ortodoxo e um jogo bastante moderno. Porém, tem um baita desafio pela frente e pela primeira vez. Seu favoritismo tratado com tal dimensão até então é infundado. Poirier é também muito talentoso, já foi mais testado, já lutou contra praticamente todos os melhores de sua categoria. E terá a missão de receber ou refutar o ingresso do irlandês nesse hall que aguarda uma chance contra o dominante José Aldo.

Com ânimos aflorados na semana precedente ao combate, principalmente na pesagem, a luta terá como controlador aquele que se utilizar melhor de um plano estratégico, mas principalmente a cabeça no lugar. Ouvir o corner será fundamental, pois das duas armas repletas de pólvora, num legítimo duelo de dois atiradores de imenso potencial, entender a hora certa de disparar será o clímax para a conquista da vitória. Acreditando nesse cenário, os sete minutos e meio devem ser ultrapassados, o gás está em dia e o punch ou qualquer falha grotesca não são plausíveis.

Mais de 1.5 Round @1.62

  • Peso-médio: Tim Kennedy (EUA) x Yoel Romero (CUB)

kennedyxromero

Yoel Romero é possivelmente o mais brutalmente forte lutador do UFC. Muito acima da categoria, o cubano é puro músculo e fez de Brad Tavares, lutador com sólido jogo de grappling, praticamente um boneco de pano com diversas quedas.  No entanto, seu cardio não é dos melhores. Portanto, a luta parece ter dois cenários bastante definidos.

O primeiro, com Romero se impondo desde o início e causando severas avarias em Kennedy, pontuando, ganhando os dois primeiros rounds ou mesmo finalizando. O segundo, com Kennedy se defendendo bem, de alguma forma conseguindo se manter em pé, talvez mantendo a distância segura, cansando o cubano e então aplicando seu jogo a partir do momento, vencendo por decisão. O que é menos provável, pelo simples fato de Kennedy nunca ter sido posto à frente de um monstro como Romero.

Yoel Romero para vencer @1.80

  • Peso-galo: Cat Zingano (EUA) x Amanda Nunes (BRA)

zinganoxamanda

Cat Zingano se mostrou uma lutadora sinistra. A americana, em sua única apresentação no UFC, acabou com Miesha Tate, chocou o mundo e se credenciou a uma disputa de cinturão. E então seu mundo caiu. Uma lesão seguida de uma tragédia familiar lhe tiraram do eixo de Ronda Rousey e quase um ano e meio depois volta a ação ainda como a número #1 no ranking das galos feminino. É impossível prever se veremos a mesma Cat Zingano logo mais.

Porém, confirmando as expectativas, uma vitória sobre Amanda Nunes a devolve todo o prestígio adquirido com seu debut avassalador. Mas a baiana tem a mesmíssima oportunidade de cimentar o seu nome entre as melhores. Bem no Ultimate, ela cresceu, assim seu jogo como um todo. Infelizmente seu histórico não é verde o suficiente para que possamos crer em algo espetacular, e abafar o jogo de Cat em pé e buscar quedas seriam ações totalmente prolíficas para as suas pequenas chances de fazer a diferença.

Cat Zingano para vencer @1.40


AutorApostasFC apostasadmin
data27/09/2014


Compartilhe:

Deixe uma resposta